quinta-feira, 13 de abril de 2017

Irmãs são presas por torturar amante do marido de uma delas, no sul da Bahia

Foto: Reprodução
Duas mulheres foram presas em flagrante por espancar e torturar a amante do marido de uma delas, na cidade de Mucuri, no sul da Bahia, na terça-feira (11). O delegado que investiga o caso, Samuel Martins, informou ao G1, nesta quinta-feira (13), que o pivô da situação, o marido de uma das agressoras, fugiu. Ele é suspeito de atrair a vítima para o local onde o crime ocorreu. Conforme a polícia, a vítima foi espancada e torturada, por cerca de 30 minutos. Ela ainda foi ameaçada de ter os cabelos e as sobrancelhas raspados, e de ter pimenta jogada nas partes íntimas. "Ela [vítima] foi imobilizada, levou chutes, pontapés, e elas [as irmãs] jogaram pimentas nos ferimentos. A Polícia Militar chegou ao local após denúncia de vizinhos que ouviram os gritos da vítima. A situação poderia ter sido ainda mais grave caso a polícia não chegasse ao local", relatou o delegado. A mulher agredida foi atendida em uma unidade de saúde, ainda na terça-feira, e passa bem. Segundo Samuel Martins, à polícia, a vítima contou que o amante, com quem ela mantém um relacionamento há seis meses, teria a convidado para uma casa onde normalmente eles se encontravam. Quando já estavam no imóvel, a mulher do homem e a irmã chegaram ao local, a abordaram e começaram as agressões.

Apesar de ser suspeito de facilitar a ação das suspeitas, o homem não participou diretamente da tortura, conforme apontam as investigações iniciais. "A casa não é dele, ele só toma conta. Ela [a vítima] disse que enquanto o homem ajeitava a casa, as mulheres entraram. Ela acredita que ele facilitou a entrada delas", afirmou o delegado. De acordo com a Samuel Martins, quando a PM chegou na casa, as suspeitas ainda tentaram despistar os policiais, mas eles insistiram para entrar no imóvel e quando conseguiram, viram a mulher ensanguentada. O homem que se relacionava com a vítima também estava no imóvel, mas conseguiu fugir. Os policiais apreenderam o celular das autoras com as imagens das agressões que elas mesmas registraram. "Elas ainda conseguiram apagar algumas coisas, enviei os celulares para a perícia técnica e aguardo o resultado", informou o delegado Martins. A polícia não tem detalhes de quanto tempo o homem e uma das suspeitas estão casados. As irmãs suspeitas do crime foram levadas para a delegacia e, em seguida, foram encaminhadas para Conjunto Penal de Teixeira de Freitas. Até o fechamento desta reportagem, o homem que se relacionava com a vítima não havia sido encontrado para prestar esclarecimentos. (G1)

sábado, 8 de abril de 2017

Brumado: Polícia Civil divulga autor do duplo latrocínio que vitimou pai e filho

Brumado: Polícia Civil divulga autor do duplo latrocínio que vitimou pai e filho
Foto: Divulgação | Polícia Civil


A Polícia Civil conseguiu, em menos de 48 horas (dia 06), desvendar a autoria dos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) que aconteceram na última quarta-feira (05), na zona rural do município de Brumado. Os crimes vitimaram os agricultores Adão de Souza Lobo, de 65 anos, e seu filho Paulo Sérgio de Souza Lobo, de 37 anos. Eles foram brutalmente assassinados, quando receberam vários golpes de facão e tiveram seus corpos queimados. No último dia 06, os Investigadores da Polícia Civil conseguiram prender Lucas Lage de Almeida, vulgo "Batatão", de 19 anos, o qual confessou a prática do delito. Os outros dois autores foragidos são Juliano Soares Pereira, vulgo "Titibull", de 18 anos, e um outro adolescente de 17 anos. Importante salientar que os jovens autores passaram a noite fazendo uso de álcool e drogas e tentaram invadir outras residências próximas à das vítimas. A ferocidade do ataque e multiplicidade dos golpes deixaram perplexos até os mais experientes policiais envolvidos na investigação. A Polícia Civil continuará intensificando as buscas no intuito de prender os outros autores e conta com o apoio da sociedade brumadense para que possa atingir o êxito total na apuração dos delitos.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

NA CASA ONDE PAI E FILHO FORAM MORTOS EM BRUMADO FICARAM AS MARCAS DA BARBARIDADE FEITA PELOS BANDIDOS

Na casa onde pai e filho foram mortos em Brumado ficaram as marcas da barbaridade feita pelos bandidos
Pai e filho moram na mesma casa. Foto: Destaquebahia.com.br
 
O crime ocorrido ontem em Brumado, conforme divulgado pelo Destaquebahia chocou a população brumadense pelo grau de violência usado pelos bandidos. ADÃO DE SOUSA LOBO, DE 66 ANOS, FOI QUEIMADO, JÁ O SEU FILHO, PAULO SÉRGIO DA SILVA LOBO, DE 36 ANOS, FOI DEGOLADO.
    
 
Os bandidos destelharam a casa para entrar na residência, onde, provavelmente entraram em luta corporal com pai e filho.
      
“O cenário era de filme de terror, só que infelizmente não foi ficção e sim a mais triste realidade o que houve aqui. Queimar o pai e degolar o filho, isso não é coisa de ser humano” disse um dos amigos das vítimas ao Destaquebahia.
        
Vizinhos e amigos acompanharam o trabalho da polícia no local do crime. Até o momento nenhum suspeito ainda foi preso.

Senado aprova documento único para os brasileiros

Senado aprova documento único para os brasileiros
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania aprovou, nesta quarta-feira (05), o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 19/2017 que institui a Identificação Civil Nacional (ICN). O objetivo é reunir em um único documento todas as identificações do brasileiro em suas relações com a sociedade e com os órgãos e entidades governamentais e privados. Assim, a ICN vai reunir a Carteira de Identidade, a Carteira Nacional de Habilitação, Título de Eleitor e o Cadastro da Pessoa Física (CPF). O relator do projeto, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), sustenta que a identidade nacional vai evitar fraudes e diminuir a criminalidade ao “permitir que arquivos e cadastros entre os estados e a União e até com os municípios comuniquem entre si, especialmente com dados mais confiáveis baseados na biometria”.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

15 homens fortemente armados explodem agência do Banco do Brasil de Urandi

15 homens fortemente armados explodem agência do Banco do Brasil de Urandi
Foto: WhatsApp
Na madrugada desta quarta-feira (5), um grupo fortemente armado explodiu a agência do Banco do Brasil na cidade de Urandi, no sudoeste da Bahia. Segundo informações obtidas, por volta de 2h40, cerca de 15 homens invadiram a agência e explodiram os caixas. Foram usadas dinamites e o banco ficou completamente destruído. Ninguém foi feito refém e não há feridos. Policiais do 17º Batalhão de Polícia Militar foram acionados e estão realizando buscas em toda região para tentar prender os criminosos. Ainda não há informações sobre a quantidade de dinheiro roubada. 

terça-feira, 4 de abril de 2017

Urgente: Reféns brumadenses são liberados em Anagé

Foto:Divulgação
Os 3 brumadenses que foram feitos reféns por volta das 13h desta terça-feira (04) na região de Cristalândia foram libertados a poucos instantes próximo a Anagé. A informação foi dada por um membro da família em contato com o 97NEWS. Segundo a informação os reféns passam bem, apesar dos grandes momentos de aflição vivenciados nas mãos dos bandidos. Ainda segundo informações o bando seguiu fuga em destino ignorado, mas a perseguição policial continua intensa e a previsão é que eles possam ser presos a qualquer momento, já que a operação envolve um grande número de policiais e viaturas de várias corporações.Juntamente com os brumadenses também foram liberados outros 4 reféns que seriam do município de Mirante. Os bandidos pegaram um novo veículo para dar prosseguimento à fuga.  (97 News)

Polícia resgata refém e persegue quadrilha que roubou banco em Boa Nova




Na manhã desta terça-feira (4), policiais militares e civis resgataram no distrito de Sussuarana, município de Tanhaçu, um refém levado por uma quadrilha que roubou o banco em Boa Nova durante a madrugada. Dois criminosos foram atingidos e conseguiram fugir pra dentro da mata.
Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), Grupamento Aéreo (Graer) e de Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) seguem na perseguição ao grupo criminoso. Tiveram confrontos também nas cidades de Catingal e Brumado.
O grupo já vinha sendo monitorado por equipes do Draco, que fizeram o primeiro embate em Catingal. Um dos carros utilizados, modelo L200 Triton foi trocado por um do tipo Sprinter. Um grande cerco está feito em toda região sudoeste do estado. Informações sobre atitudes suspeitas ou pessoas desconhecidas nestas localidades devem ser enviadas através do número 181 (Disque Denúncia da SSP para o interior).